Aprenda a se formalizar através do MEI

Antes de qualquer coisa, fique ciente que todo o processo de abertura e formalização do Microempreendedor Individual, não desprende custos ao empreendedor que interessar. O processo é gratuito e pode ser feito virtualmente, no Portal do Empreendedor.

Porém, é natural que no processo você venha necessitar de uma consultoria contábil para manter em ordem todas as suas finanças e processos burocráticos. Por isso, neste artigo vamos fornecer uma primeira consultoria contábil no que se diz a respeito da abertura e formalização do MEI para que você venha desempenhar o seu serviço de forma autônoma.

A abertura, bem como a formalização e a declaração no primeiro ano pode ser feia também gratuitamente por meio de serviços contábeis, por meio do Simples Nacional.

O MEI não precisa obrigatoriamente ter um contador, mas o indicado é que você tenha um de suporte para a apresentação de documentação e cuidado financeiro. Antes de definir uma contabilidade para cuidar do seu CNPJ, busque algumas consultoria contábeis e veja se essas contabilidades podem ajudar em seu processo.

No próprio Portal do Empreendedor está acessível diversos fóruns para retirada de dúvidas quanto a formalização do MEI. Então, o ideal é que você faça uma pesquisa razoável antes de formalizar como Microempreendedor Individual. Nesse momento, é muito importante que você esclareça a atividade na qual você irá se formalizar, quanto também as questões individuais do seu estado ou município que têm total liberdade de acrescer processo e valores na formalização do MEI.

Passe por uma consultoria contábil, também, para se instruir no teto de gasto estabelecido pelo MEI que é de 60 mil reais.

Em seguida:

Entre no Portal do Empreendedor, portaldoempreendedor.me, e preencha o formulário inicial de cadastro. Caso você tenha alguma dificuldade no processo de preenchimento de cadastramento ou você siga tendo dúvidas nesse processo inicial, entre em contato com o SEBRAE.

Por último:

Procure a prefeitura de sua cidade para saber o que é necessário para emissão de Notas Fiscais e se precisará de alvará de funcionamento. Após esses passos, aguarde e quando tudo estiver ok, você poderá dar prosseguimento ao seu negócio.