Assessoria contábil: onde sua empresa encontra-se?

Estamos vivendo um pós-era. Assim como o pós-Revolução Industrial, onde os processos manuais e a manufatura foram substituídas pelas máquinas mecânicas, hoje deixamos de ser surpreendido pela tecnologia e convivemos tranquilamente com elas.

Empresas de tecnologia têm se tornado tendência no mundo empresarial e até mesmo as empresas que não trabalham diretamente com o setor tecnológico se vêem necessárias a implantar a tecnologia para tornar os seus processos de produção e desenvolvimento mais dinâmico.

Com isso, o status de empresa inteligente, que sabe utilizar a tecnologia e gerar resultados a empresa, tem sido almejado por todos empresários, independentemente do setor.

Vide isso, a assessoria contábil em cena. Muitas vezes utilizada justamente para uma condução de balanços e fechamentos financeiro, a condição estratégica por meio dos volume de dados fornecidos de forma massiva com a tecnologia faz com que assessoria contábil conduza a sua empresa para o stauts de empresa inteligente.

Mas, para isso, você precisa entender que existe alguns estágios que a sua empresa passa para chegar a esse status.

Primeiro

O primeiro estágio é o mais comum nas empresas: ligue o computado no tradicional Excel. As vezes as inovações tecnológicas acabam enfeitando os processos, sendo que as empresas necessitam de algo mais dinâmico. E um desses processos mais dinâmicos é justamente o, amado por alguns e odiado por outros, Excel. Lá você despeja de forma prática todas as informações que necessita, dentro do contexto de assessoria contábil, de forma organizada e rápida para atualizar, contabilizar, encontrar, enfim…

Segundo

A partir do momento, em que tudo está organizado no Excel, é importante que a empresa tenha um banco de dados fragmentado por setor e/ou departamento. Esse sistema é privilegia a segurança e o espaço para inclusões de novas estratégias e afins.

Terceiro

Se no primeiro estágio, o tradicional Excel entra e no segundo existe uma integração dos departamentos num banco de dados específicos, o terceiro estágio é onde a assessoria contábil entra com a mão na massa, analisando, primeiramente em conjunto com cada departamento, para fazer uma leitura individual e ampla das estratégias da sua empresa.

Essas analises potencializarão o excesso de informação, utilizando as principais para que venha gerar resultados à sua empresa.

Por fim, cabe a assessoria contábil reunir tudo para fazer uma “prova dos nove” antes de instituir a estratégia na prática.

Quaro

A visão 360º é o grande supra sumo de todo o projeto para que a assessoria contábil faça com que a sua empresa torne-se um modelo de negócio inteligente, que faz valer o poderio da tecnologia na prática.

Com isso, a empresa vai ter conhecimento de todo o universo acerca do seu negócio: o produto em mãos, o perfil do cliente em potencial, bem como os seus desejos e necessidades, a forma com que a sua concorrência tem trabalhado, com as principais ameaças e os pontos de convergência. Ou seja, a visão 360º que uma empresa inteligente precisa possuir por meio da assessoria contábil é o pleno conhecimento do mercado em que ela atua.

Embora muito importante, a inteligência artificial da tecnologia é apenas um braço para o desempenho estratégico. Ela, por si só, não consegue gerar resultados. Agora, com uma boa assessoria contábil por trás sabendo usar é mais do que meio caminho andado para o sucesso.

Em resumo:

Agora que você já sabe o tamanho da assessoria contábil para a formação de uma empresa inteligente e já organizou-se para deixá-la na total condução dos processos de potencialização do seu negócio, saiba alguns mecanismos de inteligência que tendem a ajudar a sua assessoria contábil a fazer da sua empresa a mais inteligente do segmento.

  • Voice Bots
  • Big Data
  • Realidade aumentada
  • Telemetria
  • IoT
  • AI

Obs: Que fique claro que cada mecanismo aproxima-se mais do ideal para determinados segmento, por isso que temos que pensar inicialmente no fator assessoria contábil, pois ela terá total condições de saber qual mecanismo encaixa-se melhor com a sua empresa.