Vale a pena abrir uma conta jurídica?

Em qualquer situação em nossa vida, por vezes optamos pelas situações mais práticas, mas isso não significa que escolhemos as melhores opções. Vamos explicar o porque é importante para o MEI abrir uma conta jurídica e quais as vantagens.

Sabemos que não existe nenhuma ilegalidade em efetuar transações bancárias em conta de Pessoa Física mesmo sendo um Microempreendedor individual, porém existem algumas desvantagens.

Mas quais são as vantagens?

– Elimina problemas com a Receita Federal

Mesmo o Governo não impedindo o MEI de usar uma conta-corrente Pessoa Física, a Receita Federal recomenda que as finanças pessoais e as jurídicas fiquem separadas.
Ter uma conta de Pessoa Jurídica é uma maneira de evitar cair na Malha Fina. Também é uma maneira de manter a empresa dentro das exigências da Receita, caso haja algum pedido de comprovação de pagamentos e recebimentos.

– Aumento da credibilidade

Ter uma conta jurídica vai te ajudar a ter mais credibilidade perante seus clientes e seus fornecedores. Além disso, você conseguirá empréstimos e financiamentos com mais facilidade, uma vez que as linhas de crédito e análise são diferentes para quem possui CNPJ.

Mais vantagens:

  • Melhor controle das finanças da empresa;
  • Opções de crédito;
  • Facilidade na gestão do fluxo de caixa, contas a pagar e a receber.

Como é a burocracia para a abertura da conta?

Quando falamos da abertura de uma conta jurídica, é natural que logo imaginemos que se trate de algo muito distante e burocrático. Já idealizamos a entrega de inúmeros documentos, com assinaturas, comprovações e etc.
Hoje em dia existem os bancos digitais que estão aí para beneficiar, principalmente, os MEI’s, pois é possível abrir sua conta online e até mesmo pelo seu celular.
O mais interessante nesta nova modalidade bancária é que a maioria não cobra taxas e a burocracia é praticamente nula.